Conexsus

Quem somos

A Conexsus

Somos uma equipe descentralizada e dinâmica de empreendedores sociais e planejadores regionais que trabalham para dinamizar o ecossistema de negócios sustentáveis no Brasil, especialmente na Amazônia. Nossa missão é acelerar a transição para uma economia de baixa emissão de carbono, que promova a prosperidade regional e aumente a resiliência ambiental.

​Para alcançar esta transição, vamos além da criação de áreas protegidas e do monitoramento do desmatamento. Buscamos a expansão de atividades produtivas sustentáveis, diversificadas e sofisticadas o suficiente para promover territórios mais resilientes. É por isso que trabalhamos para conectar organizações e negócios comunitários sustentáveis com diversos atores que podem apoiá-los, como investidores, credores, designers, inovadores e consumidores.

História

A Conexsus – Instituto Conexões Sustentáveis nasceu em 2016, em Belém (PA), fruto de um debate sobre os limites do investimento filantrópico puro e sobre como combiná-lo com investimento reembolsável para promover o desenvolvimento de negócios sustentáveis, especialmente os empreendimentos de base comunitária.

Desde então, a organização vem formando uma rede de empreendedores sociais com experiências em diversas áreas, que vêm buscando entender quais mecanismos e ferramentas são necessários para que os recursos financeiros possam ser usados, de fato, para o desenvolvimento de organizações e negócios comunitários que atuam em cadeias da alimentação saudável e sustentável, de agroflorestal sustentável, de sociobiodiversidade e extrativismo, da pesca artesanal sustentável e do manejo florestal comunitário.

A partir do diagnóstico de que existem dificuldades de acesso a estes recursos, mesmo para as organizações voltadas ao desenvolvimento socioambiental que já atuam junto a estas organizações e negócios comunitários, a Conexsus identificou que faltam organizações que se dediquem a articular mais conexões voltadas ao desenvolvimento de impacto socioambiental. Por isso, busca intermediar novos arranjos que envolvam os diversos atores deste ecossistema – organizações de apoio, agentes do mercado, financiadores e investidores e instituições acadêmicas e de pesquisa – em busca de soluções compartilhadas, inovadoras e desenvolvidas em redes.

A organização hoje é formada por uma equipe descentralizada e dinâmica de empreendedores sociais e planejadores regionais que trabalham para melhorar o ecossistema de negócios sustentáveis no Brasil, especialmente na Amazônia. Reúne mais de 40 associados, com escritórios em Belém (PA), Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR) e correspondentes nos EUA e na Europa.

Nossa missão

Acelerar a transição para a economia de baixo carbono e contribuir para o fortalecimento da resiliência territorial, com a valorização dos ativos socioambientais, a conservação da sociobiodiversidade e a melhoria da qualidade de vida de populações vulneráveis.

Nossos valores

  • Valorização da sociobiodiversidade
  • Inovação e autonomia
  • Cooperação
  • Empreendedorismo

Comunidade Conexsus

Atuamos em rede, em cooperação e buscamos uma gestão horizontalizada e compartilhada.

Pessoas
  • Valmir Ortega

    Diretor Executivo

    Curitiba

    "Sou empreendedor social e consultor. O que me conecta é construir pontes e conexões para promoção de uma economia sustentável."
  • Carina Pimenta

    Diretora de Operações

    Rio de Janeiro

    "Atuo na área socioambiental de empreendedores. Tenho com a Conexsus uma relação umbilical."
  • Cíntia Andrade

    Diretora de Gestão

    Rio de Janeiro

    "Trabalho com gestão administrativa e financeira e governança para o terceiro setor. Estou conectada como diretora de gestão da Conexsus."
  • Juliana Vitulskis

    Coordenadora de Comunicação

    Curitiba

    "Sou jornalista e assessora de comunicação, com atuação nas áreas sociocultural, socioambiental, de educação e comunicação. O que me conecta é a proposta inovadora da Conexsus, com a missão de criar conexões entre pessoas e recursos para a sustentabilidade e a resiliência territorial."
  • Paulo Cabral

    Brasília

  • Fragoso Júnior

    Brasília

    "Atuo com gestão de processos socioambientais, metodologias participativas e cadeia de valor. Minha conexão está ligada a projetos como um programa de capacitação no Acre e umlaboratório metodológico junto à Conexsus. O que me conecta é espiritual."
  • Gustavo Assis

    Brasília

    "Sou engenheiro florestal, com 18 anos de trabalho junto a povos e comunidades tradicionais e agricultores familiares. Tenho experiência nos setores públicos, privado e ONGs. Atuo com acesso ao mercado para agricultores familiares.O que me conecta é ver empreendimentos sustentáveis funcionando na prática"
  • Roberto Gonçalves

    Rio Branco

    "Atuo com restauração florestal, plantios florestais comerciais, sistemas agroflorestais (SAF), Integração Lavoura Pecuária Floresta – ILPF e Projetos de Recuperação Ambiental – PRA no Acre. O que me conecta é a produção florestal com respeito ao meio ambiente e a sociedade"
  • Adriano de Bortoli

    Brasília

    "Atuo com estudos, pareceres, ações jurídicas e planos de gestão integrada.O que me conecta é a busca pelo desenvolvimento rural sustentável e por cidades sustentáveis."
  • Alexandre Goulart

    França

    "Economista e Antropólogo, trabalho desde 1994 com Povos Indígenas e comunidades tradicionais em gestão de projetos, territórios e organizações e consolidação de cadeias de valor. Residindo na França, atuo na conexão entre organizações de produtores da “sociobiodiversidade” e da agroecologia e o comércio justo. O que me conecta é a diversidade."
  • Ana Gabriela Fontoura

    Belém

  • Andrea Margit

    EUA

  • Carlos Henrique

    Mato Grosso

    "Sou agrônomo, com mestrado em gestão de Recursos Hídricos. Realizo consultorias voltadas à agricultura familiar, agricultura PRAD Sabor da terra A.M.E.O Brasil. O que me conecta é acreditar na ideia comum de negócios sustentáveis"
  • Daniela Canisso

    Curitiba

    "Auto com Direitos Humanos, prevenção à violência, alimentos e produção de produtos sustentáveis. O que me conecta é o interesse na proposta inovadora, com intuito de fazer parte dessa iniciativa."
  • Egon Krakhecke

    Brasília

    "Atuo há 18 anos na área de meio ambiente. Hoje sou pescador juramentado. O que me conecta é a possibilidade de contribuir para projetos como consultor."
  • Felipe Brabo

    Belém

    "Tenho especialização em gestão empresarial, gestão da inovação e finanças eatuo na administração de gruposde florestas. O que me conecta é a possibilidade de desenvolver projetos e diretrizes estratégicas junto com a Conexsus."
  • João Luiz Guadagnin

    Brasília

    "Atuo com crédito rural e apoio ao sistema cooperativo de crédito.Apoiar e criar formas de aproximar o crédito rural das comunidades é o que me conecta."
  • Juliana Mello

    Belém

    "Trabalho com projetos socioambientais. O que me conecta é o interesse pela temática socioambiental e os valores da Conexsus."
  • Leila Elias

    Belém

  • Marcelo Aiub

    Belém

    "Atuo com gestão sócioambiental. O que me conecta é um poder ser um elo ou um nó da rede Conexsus, um agente dispersor de boas práticas."
  • Mônica de Roure

    Rio de Janeiro

    "Atuo hoje com consultorias voltadas para a captação de recursos, criação de fundos, desenhos de investimento estratégico e modelos institucionais. O que me conecta é a novidade de um amalgama que une dinheiro e assistência para criar um novo modelo econômico mais flexível para os negócios comunitários."
  • Monika Roper

    Brasília

    "Sou geógrafa, atuo com políticas públicas ambientais, especialmente na Amazônia e Mata Atlântica, com prevenção ao desmatamento, Clima REDD, adaptação, conservação e metodologias (gestão de projetos, monitoramento e avaliação, gestão de conhecimentos). O que me conecta é experimentar um arranjo novo, é compartilhar experiências e aprender atuar em conjunto."
  • Paula Ceotto

    São Paulo

    Sou pós-doutora em clima e biodiversidade (BPBES) e realizo consultorias técnicas na área ambiental.O que me conecta e acho que é fundamental é explorarmos formas de conectar produção e conservação
  • Ricardo Woldmar

    São Paulo

  • Rodrigo Monteiro

    Londres

  • Roseli Bueno de Andrade

    Brasilia

    “Sou agrônoma e trabalho com projetos e políticas públicas para a agricultura familiar e o desenvolvimento rural sustentável. O que me conecta é trabalhar com pessoas, organizações da sociedade civil e instituições públicas."
  • Téo Souto Maior

    Curitiba

    "Sou jornalista com atuação há 12 anos principalmente na área cultural, social e de memória. O que me conectaé a inovação e a rede horizontalizada. Acredito no modelo de desenvolvimento proposto pela Conexsus."

www.conexsus.org
contato@conexsus.org
+55 91 3038-8821

Rua Ângelo Custódio, 728
Belém-PA / Brasil / 66020-710

Email cadastrado com sucesso!