Década de Ação 2020: O Futuro Começa Hoje

Voltar para Histórias de Impacto

Uma nova forma de desenvolvimento econômico, pautada na sustentabilidade, se faz cada vez mais necessária. Dela, depende não só a existência humana e a diversidade biológica, como o próprio crescimento econômico.

Pensando nisso, em 2015, a Organização das Nações Unidas (ONU) propôs aos seus países-membros uma nova agenda de desenvolvimento para os próximos 15 anos, a Agenda 2030, um esforço conjunto, de países, empresas, instituições e sociedade civil para criar um futuro sustentável, de paz, dignidades e direitos para todas e todos.

Década de Ação 2020

Poucos países, no entanto, fizeram as mudanças necessárias para manter as promessas feitas na época da adoção da Agenda 2030. Conflitos, crise global do clima, violência de gênero e crescentes desigualdades estavam segurando os avanços. Foi então que, em 2019, líderes globais anunciaram a “Década de Ação”, como uma forma de acelerar o progresso global rumo ao desenvolvimento sustentável até 2030.

Dez anos. Esse é o prazo que os países-membros das Nações Unidas, incluindo o Brasil, têm para cumprir esse importante pacto global em favor do bem-estar humano e do planeta.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Para ajudar no cumprimento do acordo, foi traçado um plano com 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, os ODS, e 169 metas, para erradicar a pobreza e promover vida digna para todos, dentro dos limites do planeta.

São objetivos e metas claras, para que todos os países adotem de acordo com suas próprias prioridades e atuem no espírito de uma parceria global que orienta as escolhas necessárias para melhorar a vida das pessoas, agora e no futuro. São alguns desses objetivos:

 

  • Fome Zero e Agricultura Sustentável
    Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável.
  • Consumo e Produção Responsáveis
    Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis.
  • Vida Terrestre
    Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação e deter e reverter a degradação da terra.

 

A Conexsus acredita nessa missão, e atua por um modelo cada vez mais sustentável, justo e inclusivo que gere renda, oportunidades e desenvolvimento para pequenos produtores e extrativistas da sociobiodiversidade, fortalecendo ao mesmo tempo a conservação dos ecossistemas naturais.

Para conferir na íntegra os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, clique aqui. Você também pode conhecer mais sobre a atuação da Conexsus, clicando aqui.

Este texto foi escrito a partir de material divulgado pelas Nações Unidas e com informações da Plataforma Agenda 2030.