Conexsus

Dia de Campo em Carajás abre projeto demonstrativo do Lab SAF para visitas

Evento recebeu agricultores, empresas, representantes do governo, de organizações voltadas ao desenvolvimento socioambiental e florestal e instituições acadêmicas e de pesquisa

O SAF Carajás, localizado na Fazenda São Francisco, em Canaã dos Carajás, no Pará, é um dos projetos demonstrativos do Lab SAF – Laboratório de Negócios Agroflorestais, iniciativa da Conexsus – Instituto Conexões Sustentáveis. O projeto teve seu primeiro Dia de Campo no dia 25 de abril, para apresentar a convidados um panorama geral do Lab SAF, as especificidades do projeto o e os resultados dos primeiros plantios.

O evento foi realizado pela startup Belterra Agrofloresta em parceria com a Conexsus, Fundo Vale e Florestas Engenharia. O Lab SAF também conta com as parcerias estratégias da Good Energies, Fundação Certi, Kaeté Investimentos e Instituto Humanize.

Segundo o coordenador do projeto, Marcelo Aiub, o evento superou as expectativas de público e possibilitou importantes interações. “Ouvimos comentários sobre o quanto o desenvolvimento de SAFs [Sistemas Agroflorestais] com parcerias rurais tem potencial para beneficiar muitas pessoas. A reação dos agricultores foi muito positiva, embora haja a preocupação com a comercialização. Os plantios, a qualidade das plantas e de seu desenvolvimento foram elogiados também”.

Estiveram presentes cerca de 70 pessoas, entre agricultores familiares da região, representantes de associações, cooperativas, sindicatos, empresas, organizações não governamentais, secretarias de governos municipais, poder público, órgãos de assistência técnica e universidades.

Os plantios do projeto demonstrativo foram realizados em janeiro deste ano, na Fazenda São Francisco, localizada na Estrada Vicinal 13, próximo ao Balneário Água Boa. A área plantada abrange cinco módulos de dois hectares cada, para que sejam avaliados os resultados de diferentes combinações de culturas e espaçamentos. Foram plantadas culturas alimentares que deverão proporcionar retorno financeiro mais rápido, pelo tipo de ciclo e pela ampla aceitação comercial, como abacaxi, banana, milho, feijão, macaxeira e amendoim. Junto estão espécies florestais como ingá-cipó, ingá-feijão, cedro, mogno e jatobá. Em dezembro de 2019 está previsto ainda o plantio de Cacau em áreas sombreadas, que é um produto florestal não madeireiro.

Além de testar os resultados dos plantios, a proposta do projeto e do Lab SAF é também avaliar a viabilidade comercial e financeira do arranjo. Cada projeto envolve a combinação de parcerias com agricultores, assistência técnica, financiadores, empresas e outros atores, com o objetivo de desenvolver um modelo de negócio que seja sustentável tanto no aspecto financeiro como socioambiental.

O Lab SAF

O Lab SAF é um laboratório de inovação aberta que tem foco no desenvolvimento de negócios agroflorestais e busca criar alternativas e soluções em rede, junto a organizações socioambientais, instituições de pesquisa e inovação, empresas, empreendedores e investidores. O laboratório reúne projetos demonstrativos com diversos tipos de produção, localizados em diferentes regiões do Brasil, com foco no intercâmbio para o desenvolvimento tecnológico, com o objetivo de acelerar o processo de restauração florestal, combinando tecnologia agroflorestal, negócios sociais e novos modelos de investimento.

A proposta de implantar um laboratório visa impulsionar o desenvolvimento de negócios em um ambiente inovador, por meio da consolidação de modelos e da ampliação de áreas de SAFs que promovam a conservação das florestas, a produção sustentável o aumento de renda dos produtores – especialmente para agricultores familiares e extrativistas.

O diretor executivo da Conexsus, Valmir Ortega, enfatiza que o Lab SAF é comprometido com a agenda climática. A implementação do laboratório une inovação e tecnologia à ampliação de renda para pequenos produtores, em busca de garantir a conservação das florestas, da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos. “Combinamos tecnologia florestal, novos modelos de investimento e arranjos sociais com organizações locais com o ideal de aperfeiçoar metodologias e, ao longo do tempo, pretendemos replicá-las por todo o país”.

O Lab SAF conta com oito projetos demonstrativos, localizados em diferentes regiões brasileiras, em uma rede de cooperação técnica que irá compartilhar experiências e aprendizados, em busca de acelerar o desenvolvimento de novos negócios com esse perfil. Independentes e em variados estágios de desenvolvimento, cada um dos projetos reúne parceiros, tecnologias e perfis produtivos distintos, que envolvem desde o plantio de espécies nativas a produções como a agrosilvopastoril, pecuária sustentável, piscicultura, madeiras, fibras e tinturas para tecidos e para artesanato, entre outras. Três deles estão localizados na Amazônia. As estações ficam nos estados do Acre, Pará, Mato Grosso, São Paulo, Espírito Santo, Santa Catarina, Piauí e Rondônia.

Confira mais detalhes sobre o projeto e o evento na reportagem do programa Conexão Rural, da Rede TV:

Galeria de fotos

www.conexsus.org
contato@conexsus.org
+55 (91) 3038-8821 / +55 (41) 99588-9818 / +55 (21) 3546-5432

Av. Romulo Maiorana, 2093
Belém-PA / Brasil / 66093-605