Conexsus

Negócios comunitários criam rede de cooperação nacional durante Jornada de Aceleração

No domingo, 18 de agosto, a Conexsus – Instituto Conexões Sustentáveis testemunhou a criação da Rede Nacional de Articulação Comercial e Cooperação
Solidária – RENACCOOPS, durante o encontro presencial da Jornada de Aceleração do Desafio Conexsus. A iniciativa, que partiu das cooperativas e associações aceleradas, é resultado do intenso processo de imersão proporcionado aos negócios de impacto socioambiental desde março deste ano.

“Para a Conexsus, esse é o melhor resultado que poderíamos ter alcançado”, avalia Carina Pimenta, diretora de operações do Instituto. “Isso dá continuidade ao processo de aceleração que desenhamos. Nós já somos parceiros dessa iniciativa e vamos seguir apoiando estes negócios comunitários em seu processo de fortalecimento, acesso a mercado e soluções financeiras”, completa.

O objetivo das cooperativas e associações é terem uma organização que, em rede, facilite a articulação de novos arranjos de comercialização dos produtos da agricultura familiar. Ao longo da Jornada de Aceleração, as lideranças participantes perceberam na diversidade de alimentos produzidos em todas as regiões uma oportunidade de fortalecerem seus negócios comunitários sustentáveis em rede.

“Com uma rede nacional de cooperação, alimentos do Sul podem chegar ao Norte, os do Nordeste ao Sudeste, e assim por diante”, aponta Roberto Balen, da CECAFES, escolhido pelo grupo como coordenador geral da Rede.

Jornada virtuosa
Com participação de 42 lideranças, representando 21 cooperativas e uma associação produtiva, a Jornada de Aceleração do Desafio Conexsus realizou três imersões para troca de experiências e aprendizados desde março deste ano. Além dos encontros presenciais, a Aceleração conta com webnários e processos de consultoria e mentoria com cada organização.

Os temas trabalhados nas imersões focaram em soluções de gestão organizacional, comercialização e finanças, incluindo aspectos como planejamento estratégico, plano de negócios, marketing e formas de inovação. A ação faz parte do Ciclo de Desenvolvimento de Negócios Comunitários Sustentáveis promovida pela Conexsus desde o ano passado.

Os negócios comunitários selecionados para a aceleração praticam o uso sustentável do solo e de recursos naturais e contribuem para a preservação dos biomas onde estão inseridos. Envolvem cadeias de valor como as de alimentação saudável e sustentável, produção agroflorestal, da sociobiodiversidade e do extrativismo, pesca artesanal sustentável e manejo florestal comunitário.

Das regiões Norte e Centro Oeste, onde predominam os biomas da Amazônia e Cerrado, participaram 10 organizações, cinco de cada região. As demais organizações produzem, predominantemente, na Mata Atlântica: foram quatro do Sudeste, quatro do Nordeste – onde também há Caatinga e Cerrado – e três da região Sul.

O Desafio Conexsus é uma iniciativa que visa fortalecer o ecossistema de negócios florestais e rurais sustentáveis, com olhar especial para o desenvolvimento do potencial econômico das organizações comunitárias – os negócios comunitários sustentáveis. O trabalho está alinhado com a Agenda 2030 da ONU e os resultados contribuem diretamente para o alcance dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável 8, 12 e 15.

A iniciativa tem o apoio do Climate and Land Use Alliance (CLUA), Fundação Moore, Fundo Vale, Good Energies, Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ) e Instituto Grupo Pão de Açúcar (IGPA).

www.conexsus.org
contato@conexsus.org
+55 (91) 3038-8821 / +55 (41) 99588-9818 / +55 (21) 3546-5432

Av. Romulo Maiorana, 2093
Belém-PA / Brasil / 66093-605