Os chocolates especiais: da origem ao sabor

Voltar para Histórias de Impacto

Cacau é para o chocolate o que as uvas são para os vinhos: a variedade do fruto e as características de solo e clima de cada região produzem aromas e sabores únicos. Um chocolate especial não se conhece somente pelo paladar, mas também pelo seu endereço.

Cada vez mais especialistas estão preocupados em conhecer e controlar as matérias primas para produção de um chocolate diferenciado. Esse processo é conhecido como do grão até a barra (bean to bar em inglês).

Ao acompanhar o processo de colheita, fermentação, secagem, torrefação e moagem das amêndoas do cacau, é possível criar um chocolate especial. 

Todo esse empenho na criação do chocolate delicioso e com certificado de origem produz uma nova camada de sabor: o gosto de fazer o bem! 

Saber de onde vem o cacau que produz o chocolate aproxima as pessoas de uma cadeia de consumo justa e sustentável.

Um exemplo disso é o trabalho realizado pela COOPATRANS –  Cooperativa Agroindustrial da Transamazônica – onde trabalhadores se reuniram e começaram a beneficiar as melhores amêndoas de cacau de Medicilândia – PA.

Esses frutos já estão prontos para conquistar o mundo. As amêndoas foram selecionadas para representar o Brasil no International Cocoa Awards 2021,  e estão concorrendo ao prêmio internacional que será anunciado durante o Salão do Chocolate de Paris 2021.

Com as melhores amêndoas nas mãos, a cooperativa resolveu criar sua própria marca de chocolates: a Cacauway (@cacauwayoficial). A Cacauway produz chocolates sem adição de conservantes e em um sistema que mantém a floresta de pé e gera renda para os trabalhadores da cooperativa! 

Cada vez mais pessoas estão buscando saber de onde vêm seus alimentos e o efeito que eles causam em toda cadeia de produção, já que #tudoestáconectado. 

Comprar esse tipo de produto é bom para quem come, bom para os produtores e é bom para o planeta. Chocolate realmente faz bem pra alma! ; )