Zeth e mulheres que fazem a diferença no cooperativismo

Voltar para Histórias de Impacto

Zeth é uma mulher que não desiste dos seus sonhos, mas desde muito nova aprendeu com seus pais que, para virar realidade, o sonho precisa ser coletivo.

E foi com esse olhar que ela se uniu a um grupo de dez mulheres e em 2007 fundou a AMA — Associação das Mulheres Agroextrativistas da Comunidade de Ajó, Cametá-PA.

Usando sua formação em biologia, sua especialização em agroecologia e seu olhar empreendedor, Zeth enxergou na riqueza dos quintais da sua comunidade um negócio em potencial. “Eu sou parte da AMA e ela faz parte de mim”, ela diz.

Em 2009, inscreveu a associação no PAA — Programa de Aquisição de Alimentos do Governo Federal –, que comprou toda a produção de polpas de frutas da comunidade. Após a aprovação no programa, as mulheres fizeram uma força-tarefa e se dividiram conforme suas habilidades para colher, higienizar e despolpar as frutas, além de processar e selar os sucos que foram entregues à pastoral da criança.

Mais de 6 mil pessoas puderam se alimentar das mangas, dos taperebás e cupuaçus que saíram das casas das associadas. E o melhor de tudo isso é que os sucos saudáveis e cheios de sabor ainda geram renda e autonomia para as mulheres de Ajó em um sistema produtivo que respeita a natureza, mostrando como #TudoEstáConectado.

A introdução do beneficiamento de alimentos no processo

Há oito anos, mais um passo na profissionalização e diversificação foi dado nos produtos da AMA. As associadas, em mutirão, construíram uma cozinha onde, além das polpas, podem beneficiar outros produtos como pães, doces e bombons de chocolate com recheios.

A AMA faz parte da iniciativa Nós da Floresta — Negócios pela Amazônia. No mês da mulher, ela mostra como a união, o amor e a amizade entre mulheres transformam a vida de toda uma comunidade.

O mês da mulher na Conexsus

Durante todo o mês de março, contaremos histórias inspiradoras e transformadoras como as da Zeth. Acompanhe nosso site e nossas redes sociais para conhecer como os negócios sustentáveis são um espaço importante para o protagonismo feminino.

Mulheres da AMA