Fundo Socioambiental Conexsus abre linha de crédito emergencial

Voltar para Histórias de Impacto

O Fundo Socioambiental Conexsus inaugura nesta quarta-feira (27) uma linha de crédito emergencial para aliviar o impacto da pandemia de coronavírus nos negócios comunitários sustentáveis. As faixas de crédito vão de R$ 50 mil a R$ 200 mil com previsão de liberação já a partir de 31 de julho.

A iniciativa é parte do Plano de Resposta Socioambiental desenvolvido pela Conexsus, em parceria com a União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes), o Conselho Nacional de Populações Extrativistas (CNS) e o Fundo Vale, e conta com o apoio da rede de supermercados Pão de Açúcar, por meio do Instituto GPA, da Fundação Arymax, Fundação Good Energies e CLUA.

Ilustração com texto Abertura Crédito Emergencial Covid-19 1 Chamada até 30/06

Quem pode acessar:

  • Associações Produtivas;
  • Cooperativas de Produção;
  • Centrais de Cooperativas.

Desde que ligadas à agricultura familiar, ao extrativismo sustentável ou à pesca artesanal.

Terão prioridade negócios localizados:

  • Em Unidades de Conservação de Uso Sustentável;
  • Em Terras Indígenas;
  • Em Terras Quilombolas;
  • No Bioma Amazônia.

Recursos disponíveis para:

  • Capital de Giro – um dos principais problemas identificados no levantamento da Conexsus;
  • Aval para o acesso a linhas de crédito rural do Pronaf.

Limites:

  • Faturamento anual de até R$ 1,2 milhão: R$ 50 mil;
  • Faturamento anual entre R$ 1,2 milhão e R$ 3,6 milhões: R$ 120 mil;
  • Faturamento anual acima de R$ 3,6 milhões: R$ 200 mil reais.

Condições:

  • Taxa de juros: 6% ao ano;
  • Reembolso: até 2 anos;
  • Carência: até 12 meses.

 

A concessão do crédito emergencial está condicionada à assessoria administrativo-financeira para os negócios apoiados. A medida visa fortalecer a gestão dos negócios comunitários, incentivando a adoção de boas práticas de gestão financeira e o destravamento do acesso às principais políticas de crédito público.

Para ter os recursos liberados até o final de julho, é preciso enviar a proposta até 30 de junho. A linha emergencial receberá propostas até 31 de agosto e a previsão é que todas as propostas aprovadas sejam liberadas até 15 de setembro. O formulário de solicitação de crédito deve ser preenchido online e está disponível aqui.